COMPARTILHE ESSA IDÉIA!!

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

POEMA - CONSTANTE INCONSTANCIA

SAUDAÇÕES VIAJANTES!

Houve um problema no video do poema que fiz ( não me culpem, o programa que usei é horrivel, ainda estou aprendendo...rsrsrs, aceito dicas de programas...) que não esta sendo possivel visualizar muito bem as letras. Então aqui vai o poema em si!

Constante inconstância



Sou inconstante como as tempestades
Porem constantemente me sinto estagnado como um lago.
Sou inconstante como a crença no intangível,
Porem constantemente me sinto inabalável como a fé.
Sou inconstante como os ventos, os vendavais
Porem constantemente me tenho imutável
como o caminhar das estrelas aos olhos da Terra.
Sou inconstante como as marés,
Porem constantemente me sinto inalterável tal qual o correr do tempo.
Sou inconstante como todo ser humano
Porem constantemente me descubro infinito como o próprio universo.

Por:Ermes Le Fou


Um comentário:

  1. eita! rsrsr é isso ai mulek somos assim mesmo, visão legal da vida...

    ResponderExcluir